barsanulfo – pec do ale definitivo

AFAM COMUNICA – QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2018

INÍCIO DA EXECUÇÃO DO ALE INTEGRAL PARA INATIVOS E PENSIONISTAS – 6ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA

Preliminarmente esclarecemos que a ação tratada no presente Comunicado não tem qualquer relação com a execução da ação do ALE que tramita perante a 7ª Vara de Fazenda Pública, e que já foi objeto de Comunicados anteriores. No presente caso, conforme adiante será explicado detalhadamente, trazemos informações acerca da execução da ação do ALE destinada exclusivamente a inativos e pensionistas.

No dia 05/04/2018 foi realizada audiência na 6ª. Vara da Fazenda Pública, sob a presidência da Juíza Titular daquela Vara e com a presença dos advogados da AFAM e de Procuradores do Estado que defendem a Fazenda Pública, o CIAF e a SPPREV, com a finalidade de fixar diretrizes para a rápida liquidação do título judicial em execução na ação coletiva de para o pagamento do ALE integral aos associados da AFAM inativos e pensionistas (proc. 0023635-65.2011.8.26.0053).

Nessa audiência ficou definido o seguinte:
2.1 O Cumprimento de sentença será realizado inicialmente para os beneficiados que eram associados na data da impetração e permanecem associados.

2.2 A Associação apresentará perante a Administração a lista de associados beneficiados com a ação no prazo de quinze dias.

2.3 Recebida a lista a Administração fornecerá cópia dos holerites necessários para a realização do cálculo no prazo de trinta dias.

2.4 Em seguida a Associação distribuirá os pedidos de cumprimento de sentença, cada um com cinquenta autores, e acompanhados de cópia dos holerites referentes a cada um.

2.5 O processo fica suspenso pelo prazo de cento e oitenta dias em relação aos policiais e pensionistas que não eram associados na data da distribuição da ação

Em 13ABR18 encaminhamos para o CIAF e para a SPPREV a relação dos associados (inativos e pensionistas) que eram associados da AFAM em 05JUL11, data da distribuição da ação, e continuam integrando o quadro de associados

Já recebemos os holerites desses associados referentes ao período que será objeto da execução para pagar a diferença do valor do ALE.

Essa execução será realizada por meio de cumprimento de sentença, em grupos de 50 associados, como descrito na ata da audiência.

O período a ser executado será do dia da distribuição da ação, em 05JUL11, até o dia 28FEV13, vez que em 01MAR13 passou a vigorar a lei que incorporou 50% do valor do ALE ao padrão.

Portanto, são 19 meses, mais os 13º de 2011 e de 2012, totalizando 21 meses.

Como no período de 01MAR11 a 28FEV12 os inativos e pensionistas recebiam apenas 40% do ALE, terão direito a 60%. No período de 01MAR12 a 28FEV13 os inativos e pensionistas recebiam apenas 60% do ALE, portanto, terão direito a 40%.

Ainda estão pendentes de julgamento os recursos extraordinário e especial interpostos pela Fazenda Pública da decisão favorável à AFAM que reconheceu o direto de serem incluídos na execução todos os associados da AFAM, independentemente do momento em que se associaram.

Portanto, foi suspensa por cento e oitenta dias (úteis) a execução em relação aos associados (inativos e pensionistas), que não eram associados na data da distribuição da ação (05JUL11). No momento oportuno será enviado novo comunicado para esses associados.

Nesse primeiro momento terão direito ao recebimento dos valores atrasados os associados da AFAM (inativos e pensionistas) que eram associados da AFAM em 05JUL11, data da distribuição da ação, e continuam integrando o quadro de associados.

Importante:
12.1 Só foram beneficiados por essa ação os associados que já estavam na inatividade antes de 28FEV13. Igualmente, também somente foram beneficiados os(as) pensionistas que já possuíam o benefício antes de 28FEV13.

12.2 Não poderão participar dessa execução os associados (inativos e pensionistas) que já tenham recebido o ALE integral em ação individual ou ação coletiva patrocinada por outra Entidade.

Por se tratar de execução individual, cada associado deverá imprimir, preencher e assinar os seguintes documentos (disponíveis no site http://www.afam.com.br):
13.1. Procuração específica para a ação; (clique aqui)

13.2. Contrato de serviços advocatícios; (clique aqui)

13.3. Declaração de hipossuficiência. (clique aqui)

Cópias eletrônicas desses documentos, acompanhadas de cópias eletrônicas da carteira de identidade funcional e comprovante de endereço emitido há menos de 03 meses deverão ser encaminhadas, em formato pdf, para o e-mail afam.ale6@jlasadvogados.com.br;

Recebidos os documentos acima, o corpo jurídico da AFAM vai elaborar, para cada associado, o cálculo dos valores a receber;

Feitos os cálculos individuais, a AFAM encaminhará ao Juízo os pedidos de pagamento para grupos de 50 associados;

O encaminhamento ao Juízo dos cálculos individuais para pagamento obedecerá rigorosamente a ordem de entrada dos documentos pessoais no Departamento Jurídico da AFAM;

Considerando que a ordem cronológica de entrada dos documentos pessoais no departamento jurídico da AFAM definirá a ordem de recebimento dos valores desta ação, é fundamental que todos os associados que preenchem as condições mencionadas no item 12, encaminhem a documentação necessária com a MÁXIMA BREVIDADE.

Vale lembrar que só será efetuada a execução na forma descrita neste comunicado para associados que estejam em dia com suas obrigações financeiras junto à AFAM e entidades vinculadas.

A íntegra do Termo de Audiência que embasou este comunicado encontra-se reproduzida abaixo:

ORIENTAÇÕES:

1. Baixe, imprima, preencha, assine os documentos e os converta em arquivo PDF;

2. Junte arquivo PDF:

2.1. Da carteira de identidade funcional;

2.2. De comprovante do endereço inserido em um dos seguintes documentos: conta de água, luz, telefone ou internet fixa, gás etc., em nome do autor da ação e emitido há menos de três meses.

3. Enviar o arquivo PDF, preferencialmente único, para o e-mail afam.ale6@jlasadvogados.com.br

Fonte: AFAM

publicidade

Mais notícias em destaque:
BENEFÍCIOS

Benefício Furto, Roubo ou Perda Total de Veículo
NOVA FARMAFAM

FARMAFAM inaugura no bairro do Capão Redondo
AFAM COMUNICA

INÍCIO DE EXECUÇÃO DO ALE
CREDIAFAM

AFAM COMUNICA:

Comentários para: “INÍCIO DA EXECUÇÃO DO ALE INTEGRAL PARA INATIVOS E PENSIONISTAS – 6ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA

Anúncios
Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

barsanulfo pec 02/2018

ACS presente na aprovação da PEC 02 pela CCJR da Assembleia Legislativa. Proposta irá para Plenário.
Por Jornalismo ACSPMESP – 27 de junho de 201803.768 visitas
Compartilhar no Facebook Tweet

Cabo Wilson e diretores da ACS apoiando a aprovação da PEC 02/2018
No dia 26 de junho aconteceu a votação e aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 02/2018 pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa, no auditório Franco Montoro.

A Associação dos Cabos e Soldados (ACS), entidades de classe e policiais militares estiveram presentes para pressionar a votação e aprovação da Proposta, que já havia sido adiada na semana passada por falta de quórum.

O próximo passo da PEC 02 será a votação em Plenário.

A ACS foi representada por membros da Diretoria Executiva: presidente Cabo Wilson Morais, o vice-presidente Antonio Carlos do A. Duca, o secretário geral Alexandre David Skavinski, o diretor de Finanças Edmilson A. da Silva, o diretor de Comunicação Social Ronaldo Carlos Scheibel e o diretor de Regionais Nilton Viana. Membros do Conselho Fiscal, representantes e associados da entidade também acompanharam a votação.

Sobre a PEC 02/2018
A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 02/2018 visa a correção da diferença da remuneração no salário padrão entre os postos e graduações da PMESP e estabelece que a diferença de salários entre graduações não poderá ser superior a 10% (dez por cento).

Se aprovada, a Proposta trará a correção dos salários dos policiais militares e imediata valorização dos profissionais!

ACS CONTINUARÁ NA LUTA PELA VALORIZAÇÃO DOS POLICIAIS MILITARES!

Veja PEC 02/2018 na íntegra

PROPOSTA DE EMENDA Nº 2, DE 2018, À CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Inclui §2º – A no artigo 138 da Constituição do Estado.

A Mesa da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, nos termos do § 3º do artigo 22 da Constituição do Estado, promulga a seguinte Emenda ao texto constitucional:

Artigo único – Inclua-se §2º – A no artigo 138 da Constituição do Estado com a seguinte redação:

‘§2º-A – A diferença da remuneração no salário padrão, entre os postos e graduações para o imediatamente superior não poderá ser superior a 10% (dez por cento). ”(NR)

JUSTIFICATIVA
Os oficiais ocupantes do posto de 2º Tenente PM, apesar de exercerem *as mesmas* funções que os 1º Tenente PM, percebem remuneração 30,03% menor. Essa diferença salarial não se justifica, ainda mais se considerarmos que seus ocupantes, muitas vezes, prestaram 30 anos de serviços à população paulista.

A diferença entre os demais cargos não é tão drástica: a entre 1º Tenente e

Capitão é de 7,95%, e entre Soldado e Cabo, é de 13,6% e, *assim como os tenentes, apesar da distância hierárquica e funções distintas, exercem, na maioria das vezes, as mesmas atividades.*

Nos postos de Capitão, Major, Tenente-coronel e Coronel PM essa diferença está fixada em 10,5% entres os postos, sendo injustificável que exista nos postos de Tenentes, onde as funções e atribuições são basicamente as mesmas.

A presente emenda visa corrigir essa distorção, estabelecendo uma gradação homogênea, de 10%, de um posto *ou graduação* para o imediatamente superior, valorizando, desta forma, não só os 2° tenentes que foram praças por toda a carreira, mas toda a Polícia Militar.

Sala das Sessões, em 18/4/2018.

a) Fernando Capez a) Carlos Giannazi a) Coronel Telhada a) Clélia Gomes a) Beth Sahão a) Alencar Santana Braga a) Antonio Salim Curiati a) Luiz Carlos Gondim a) José Américo a) Gileno Gomes a) Leci Brandão a) Afonso Lobato a) Gilmar Gimenes a) Marcio Camargo a) Chico Sardelli a) Adilson Rossi a) Welson Gasparini a) Hélio Nishimoto a) Vaz de Lima a) Teonilio Barba a) Carlão Pignatari a) Roberto Massafera a) Delegado Olim a) Rafael Silva a) Junior Aprillanti a) Ana do Carmo a) Marcos Zerbini a) Ed Thomas a) Gilmaci Santos a) Celino Cardoso a) Itamar Borges a) Jorge Caruso a) Marcos Damasio a) João Paulo Rillo a) Marcos Martins

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

barsanulfo – a vida vem e vai e sempre inocentes

PASSADO REVISITADO
Após pedir boicote a Cocielo, Bruno Gagliasso tem tuítes polêmicos desenterrados
Publicada:04/07/2018 20:29:00

Redação/RedeTV!
foto: Reprodução/Instagram

(Foto: Reprodução)

Um dia após pedir boicote ao youtuber Júlio Cocielo, Bruno Gagliasso está sendo alvo de internautas que desenterraram tuítes antigos nos quais o ator faz declarações consideradas homofóbicas.

Em uma das postagens, feita em 2009, o ator compartilhou: “Papai noel é boiola porque vive com o saco na mão, anda com um monte de viado e sempre aparece na noite do dia 24”. Em outra, ele disse: “No Natal todo mundo lembra do Papai Noel e esquece dos viados que puxam o trenó! Eu não esqueci!! Feliz natal p/ vocês, meus amigos!”.

(Foto: Reprodução/Facebook)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Na rede social, internautas comentaram os posts relacionando o conteúdo a campanha de boicote. “O ator em questão fez essa piada? Ué, ele não é o sensor do politicamente correto?”, questionou um internauta o comentar o post nesta quarta-feira (4). “Já que é pra relembrar os tweets antigos né… Famigerada homofobia… já podemos boicotar também?”, questionou outra.

Na terça-feira (3), Bruno e sua esposa, a também atriz Giovanna Ewbank, usaram as redes sociais para pedir boicoite ao youtuber – que perdeu patrocinadores após antigos tuítes racistas e machistas começarem a repercutir entre os internautas. Em seguida, ele sumiu com mais de 50 mil publicações feitas na conta do Twitter.

No post, o ator disse que “apoiar uma pessoa racista é ser conivente, sim”: “As marcas só chegam até essas pessoas porque elas têm audiência, visibilidade, constroem um público que interessa para as empresas atingir. A responsabilidade é de todos. Precisamos, é claro, cobrar as marcas mas também precisamos chamar atenção dos outros famosos que seguem/dão like/fazem parceria com essas pessoas racistas, machistas, LGBTfóbicas e gordofóbicas. É obrigação de todos nós constranger e vigiar nosso círculo social”, comentou o artista, que se recusou a marcar o perfil de Cocielo na publicação. Ao término da postagem, o ator reforçou que “Educação antirracista não é somente pra criança, racismo não tem idade. Racismo é um problema de todos nós”.

O portal da RedeTV! tentou contato com a assessoria do ator, mas não obteve resposta. Até o momento o ator não se pronunciou sobre a situação.

Veja também!

Gagliasso conta como prepara Titi para mundo real: “Não vive em uma bolha”

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

barsanulfo – O que é A Fraternidade dos Discípulos de Jesus? Fraternidade dos Discípulos de Jesus Certa feita relatou-nos o Comandante Armond, que Razin, um espírito de grande elevação, presenciou os momentos finais de passagem de Jesus pela Terra, tendo sido envolvido por emoções muito fortes no triste momento do calvário. Naquele momento Razin reuniu algumas pessoas que, atônitas, presenciavam a imolação do Cordeiro de Deus, propondo a formação de um grupo com o propósito de trabalhar incessantemente, até que os ensinamentos do Cristo penetrassem no coração dos homens.. Com a formação da primeira turma de Escola de Aprendizes do Evangelho, o Plano Espiritual, na pessoa de Razin, propôs a criação, no plano material, da Fraternidade dos Discípulos de Jesus, como uma extensão da Fraternidade do Trevo. A FDJ tem como finalidade principal, ser um portal de entrada, e não um marco de chegada. Através dela, o Discípulo sente a Humanidade inteira, com seu coração sensível, e ouve de mais perto o apelo de Jesus para que façam alguma coisa, mobilizando o Amor e a Sabedoria que Deus nos concedeu. Em 04 de maio de 1954… Inspirado pelo plano Espiritual Superior, cria, em complemento à “Escola de Aprendizes do Evangelho – EAE”, a Fraternidade dos Discípulos de Jesus, ligada à Fraternidade do trevo no plano Espiritual, como idéia de trabalho, cujos membros, recém-formados pela EAE, atuariam na parte moral-religiosa do Espiritismo. O Estado Moral da Fraternidade dos Discípulos de Jesus é O SERMAÃO DO MONTE (Mt: 5-7) (pg. 44) Os centros espíritas devem ser verdadeiros templos cristãos, inspiradores da mais completa confiança, onde se penetre com a certeza de que ali se receberá o melhor ensino, o melhor encaminhamento religioso, a mais segura orientação sobre as verdades espirituais. Os dirigentes devem ser pessoas austeras, bondosas e competentes, cujas vidas sejam exemplos vivos de retidão, amor ao próximo e desprendimento de coisas materiais. Portanto, na expansão da Doutrina e na sua prática, duas coisas devem ser consideradas com maior rigor: a preparação dos dirigentes e a qualidade dos ensinamentos a ministrar ao povo. É preciso modificar os programas e explicar francamente as finalidades verdadeiras do Espiritismo, o que ele oferece e o que exige da parte dos adeptos para a reforma moral indispensável, explicando também que as curas, os auxílios materiais, o conhecimento dos fenômenos de efeitos físicos, a instrução doutrinária, tudo virá em seguida, em decorrência do primeiro passo, como conseqüência da aceitação do principal, mesmo porque se o freqüentador não se interessar pela reforma intima e só tiver em vista exterioridade e benefícios pessoais, nenhum valor de maios monta agregará aos conhecimentos teóricos que recebe. Podemos, então, agora, definir uma sessão espírita como sendo a reunião de pessoas que buscam a verdade espiritual, promovendo sua reforma moral pela evangelização, pelo estudo da Doutrina e sua prática, pelo exercício da fraternidade universal e pela permuta de consolação e de auxilio, segundo os ensinamentos de Jesus, o Divino Redentor que é para todos nós: o Caminho, a Verdade e a Vida, a esperança consoladora na morte e a segurança de uma felicidade radiosa na vida eterna. (Espiritismo, Religião Redentora – 1956 – Edgard Armond) Em 1958… Dr. Bezerra de Menezes, em mensagem espiritual a Edgard Armond, em relação às sua tarefas desde o inicio na FEESP, diz: “Quando o momento lhe soou e foi quase jogado dentro desta casa, então pequenas agonizante, nós confiávamos em sua boa vontade e esforço; conhecíamos sua fibra e sabíamos que não nos decepcionarmos; mas mesmo assim ficamos surpresos ao verificar como assimilava, em toda a plenitude, as forças divinas que dia após dia, jorravam sobre você.” Em 1967… Armond finaliza tarefas na FEESP, mas prossegue seus estudos com um pequeno grupo de trabalho formado por pessoas e médiuns de sua confiança, que se reuniam semanalmente em sua casa. Com eles orientava as atividades de inúmeros companheiros e centros afins com os mesmos princípios dês Espíritos Evangélicos que implantavam através da criação da criação da Fraternidade dos Discípulos de Jesus. Em 1973… Numa dessas reuniões, funda a Aliança Espírita Evangélica, com alguns companheiros, com o objetivo de integrar vários Centros Espíritas ao programa da Fraternidade dos Discípulos de Jesus, orientado pelos Veneráveis Mentores Espirituais. Em 1980… Armond recebe a seguinte orientação do plano Espiritual, diretor da Fraternidade dos Discípulos de Jesus: “A independência da Fraternidade dos Discípulos de Jesus, FDJ, que convêm agora ser estabelecida, é medida aconselhável por ser basilar e essencial à formação e aos testemunhos evangélicos exigidos pelos próximo acontecimentos ao transcurso do milênio.” Nasce o Setor III da Fraternidade dos Discípulos de Jesus. Aqui já não era mais o compromisso Com a Casa Espírita que importava, Mas com a Causa Espírita, a Revivescência do Cristianismo Primitivo. Edgard Armond no Plano Espiritual Em 29 de novembro de 1982… O comandante Edgard Armond desencarnou em São Paulo, 2 anos após formar o Setor III, com 88 anos e foi, sem dúvida, o continuador de Bezerra de Menezes no tocante à difusão e vivência do Espiritismo em seu aspecto religioso. Em 17 de maio de 1992… Venerável Razin passa a liderança da Fraternidade dos Discípulos de Jesus, no Espaço, a Edgard Armond, entregando-lhe o trevo dos emissários de Maria de Nazaré, responsabilizando-o, mais uma vez, de liderar os Aprendizes do Evangelho nos dois planos da vida, a fim de concretizar a destinação do Brasil como Coração do Mundo e Pátria do Evangelho. Em 1995… Numa comunicação, Armond reafirma suas convicções dizendo: “Alguns dos adjetivos com os quais me qualificaram talvez tenham sido ditados pela gratidão de alguém que conosco tomou parte nessas experimentações. No entanto, não vejam neste testemunho o trabalho de uma única pessoa; vejam, isto sim, o esforço conjunto de companheiros encarnados e desencarnados, demonstrando que só a fidelidade e a convivência fraternal é que poderão continuar trazendo à Terra notícias das nossas construções espirituais nos diversos Planos da Crosta Terrestre.” “É do coração do homem que vai sair o movimento libertador das consciências; por conseguinte, aquele que se torna verdadeiramente cristão, automaticamente vai cristianizando os que com ele convivem.” “Que o Nosso Divino Mestre Jesus continue conquistando novos discípulos, é o que lhes deseja o amigo fiel, Edgard Armond”

O que é A Fraternidade dos Discípulos de Jesus?
Fraternidade dos Discípulos de Jesus
Certa feita relatou-nos o Comandante Armond, que Razin, um espírito de grande elevação, presenciou os momentos finais de passagem de Jesus pela Terra, tendo sido envolvido por emoções muito fortes no triste momento do calvário. Naquele momento Razin reuniu algumas pessoas que, atônitas, presenciavam a imolação do Cordeiro de Deus, propondo a formação de um grupo com o propósito de trabalhar incessantemente, até que os ensinamentos do Cristo penetrassem no coração dos homens.. Com a formação da primeira turma de Escola de Aprendizes do Evangelho, o Plano Espiritual, na pessoa de Razin, propôs a criação, no plano material, da Fraternidade dos Discípulos de Jesus, como uma extensão da Fraternidade do Trevo.
A FDJ tem como finalidade principal, ser um portal de entrada, e não um marco de chegada. Através dela, o Discípulo sente a Humanidade inteira, com seu coração sensível, e ouve de mais perto o apelo de Jesus para que façam alguma coisa, mobilizando o Amor e a Sabedoria que Deus nos concedeu.
Em 04 de maio de 1954…
Inspirado pelo plano Espiritual Superior, cria, em complemento à “Escola de Aprendizes do Evangelho – EAE”, a Fraternidade dos Discípulos de Jesus, ligada à Fraternidade do trevo no plano Espiritual, como idéia de trabalho, cujos membros, recém-formados pela EAE, atuariam na parte moral-religiosa do Espiritismo.
O Estado Moral da Fraternidade dos Discípulos de Jesus é
O SERMAÃO DO MONTE (Mt: 5-7) (pg. 44)
Os centros espíritas devem ser verdadeiros templos cristãos, inspiradores da mais completa confiança, onde se penetre com a certeza de que ali se receberá o melhor ensino, o melhor encaminhamento religioso, a mais segura orientação sobre as verdades espirituais. Os dirigentes devem ser pessoas austeras, bondosas e competentes, cujas vidas sejam exemplos vivos de retidão, amor ao próximo e desprendimento de coisas materiais.
Portanto, na expansão da Doutrina e na sua prática, duas coisas devem ser consideradas com maior rigor: a preparação dos dirigentes e a qualidade dos ensinamentos a ministrar ao povo.
É preciso modificar os programas e explicar francamente as finalidades verdadeiras do Espiritismo, o que ele oferece e o que exige da parte dos adeptos para a reforma moral indispensável, explicando também que as curas, os auxílios materiais, o conhecimento dos fenômenos de efeitos físicos, a instrução doutrinária, tudo virá em seguida, em decorrência do primeiro passo, como conseqüência da aceitação do principal, mesmo porque se o freqüentador não se interessar pela reforma intima e só tiver em vista exterioridade e benefícios pessoais, nenhum valor de maios monta agregará aos conhecimentos teóricos que recebe.
Podemos, então, agora, definir uma sessão espírita como sendo a reunião de pessoas que buscam a verdade espiritual, promovendo sua reforma moral pela evangelização, pelo estudo da Doutrina e sua prática, pelo exercício da fraternidade universal e pela permuta de consolação e de auxilio, segundo os ensinamentos de Jesus, o Divino Redentor que é para todos nós: o Caminho, a Verdade e a Vida, a esperança consoladora na morte e a segurança de uma felicidade radiosa na vida eterna.
(Espiritismo, Religião Redentora – 1956 – Edgard Armond)
Em 1958…
Dr. Bezerra de Menezes, em mensagem espiritual a Edgard Armond, em relação às sua tarefas desde o inicio na FEESP, diz:
“Quando o momento lhe soou e foi quase jogado dentro desta casa, então pequenas agonizante,
nós confiávamos em sua boa vontade e esforço; conhecíamos sua fibra e sabíamos que não nos decepcionarmos; mas mesmo assim ficamos surpresos ao verificar como assimilava,
em toda a plenitude, as forças divinas que dia após dia, jorravam sobre você.”
Em 1967…
Armond finaliza tarefas na FEESP, mas prossegue seus estudos com um pequeno grupo de trabalho formado por pessoas e médiuns de sua confiança, que se reuniam semanalmente em sua casa. Com eles orientava as atividades de inúmeros companheiros e centros afins com os mesmos princípios dês Espíritos Evangélicos que implantavam através da criação da criação da Fraternidade dos Discípulos de Jesus.
Em 1973…
Numa dessas reuniões, funda a Aliança Espírita Evangélica, com alguns companheiros, com o objetivo de integrar vários Centros Espíritas ao programa da Fraternidade dos Discípulos de Jesus, orientado pelos Veneráveis Mentores Espirituais.
Em 1980…
Armond recebe a seguinte orientação do plano Espiritual, diretor da Fraternidade dos Discípulos de Jesus:
“A independência da Fraternidade dos Discípulos de Jesus, FDJ, que
convêm agora ser estabelecida, é medida aconselhável por ser basilar
e essencial à formação e aos testemunhos evangélicos exigidos pelos
próximo acontecimentos ao transcurso do milênio.”
Nasce o Setor III da Fraternidade dos Discípulos de Jesus.
Aqui já não era mais o compromisso Com a Casa Espírita que importava, Mas com a Causa Espírita, a Revivescência do Cristianismo Primitivo.
Edgard Armond no Plano Espiritual
Em 29 de novembro de 1982…
O comandante Edgard Armond desencarnou em São Paulo, 2 anos após formar o Setor III, com 88 anos e foi, sem dúvida, o continuador de Bezerra de Menezes no tocante à difusão e vivência do Espiritismo em seu aspecto religioso.
Em 17 de maio de 1992…
Venerável Razin passa a liderança da Fraternidade dos Discípulos de Jesus, no Espaço, a Edgard Armond, entregando-lhe o trevo dos emissários de Maria de Nazaré, responsabilizando-o, mais uma vez, de liderar os Aprendizes do Evangelho nos dois planos da vida, a fim de concretizar a destinação do Brasil como Coração do Mundo e Pátria do Evangelho.
Em 1995…
Numa comunicação, Armond reafirma suas convicções dizendo:
“Alguns dos adjetivos com os quais me qualificaram talvez tenham sido ditados pela gratidão de alguém que conosco tomou parte nessas experimentações. No entanto, não vejam neste testemunho o trabalho de uma única pessoa; vejam, isto sim, o esforço conjunto de companheiros encarnados e desencarnados, demonstrando que só a fidelidade e a convivência fraternal é que poderão continuar trazendo à Terra notícias das nossas construções espirituais nos diversos Planos da Crosta Terrestre.”
“É do coração do homem que vai sair o movimento libertador das consciências; por conseguinte, aquele que se torna verdadeiramente cristão, automaticamente vai cristianizando os que com ele convivem.”
“Que o Nosso Divino Mestre Jesus continue conquistando novos discípulos, é o que lhes deseja o amigo fiel,
Edgard Armond”

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

barsanulfo – documento do forum sobre ale – afam

documento da afam do ale

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

barsanulfo – como montar a barraca

Manual de montagem da barraca

1) coloque o dormitório no chão e fixe bem a extremidades dos elásticos com as estacas;
2) separe as ferragens pelas cores, verifique que a barra de cima deve ficar com os furos nas extremidades, agora passe esta barra pelos elásticos da parte superior do quarto;
3) coloque as barras verticais, verificando que são duas, uma na frente e outra na parte traseira, os pinos devem encaixar nos furos da barra horizontal, neste ponto o quarto já está em pé.;
4) estique a cobertura por cima de tudo e prenda bem as extremidades, verifique se cobriu o quarto dos dois lados.;
5) a cobertura deve transpassar o quarto, caso isso não aconteça , pode haver infiltrações;
6) monte a barraca em lugar alto, onde não passe água, deixe sempre o zíper fechado para não entrar bichos, nunca guarde a barraca molhada.

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

BARSANULLFO – CHACRAS

crompoterapia-5

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário