Entidades pressionam e Governo concede reajuste de 8% aos Policiais Militares do Estado de São Paulo

REAJUSTE SALARIAL – TERÇA-FEIRA, 24 DE JUNHO DE 2014

Entidades pressionam e Governo concede reajuste de 8% aos Policiais Militares do Estado de São Paulo

Reunião com as Entidades Representativas realizada no último dia 20 no Palácio dos Bandeirantes

Índice está aquém do pleiteado e merecido pela categoria

O Governador anunciou, nesta terça-feira, o percentual de 8% para reajuste salarial dos policiais militares da ativa, veteranos e pensionistas, a vigorar a partir do dia 1º. de agosto de 2014. Embora, nos últimos 4 anos, o índice acumulado tenha sido de 47,5%, portanto, acima da inflação acumulada no mesmo período, ele não cobre a perda salarial sofrida nos últimos 20 anos e não aproxima a remuneração dos policiais militares paulistas dos salários dos estados que melhor remuneram os seus policiais.

Além do aumento salarial de 8%, também foram anunciados, por Geraldo Alckmin, alguns outros benefícios: aposentadoria especial, após 25 anos de trabalho, para Policiais Femininas; abono permanência para policiais militares que continuarem na ativa após 30 anos de serviço; regularização da incorporação de gratificação de hora-aula; e o aproveitamento de inativos (de Soldado PM a Capitão PM) em atividades administrativas. Além disso, para não haver qualquer prejuízo aos policiais militares por conta desse reajuste, o teto para o auxílio-alimentação será ampliado exclusivamente para a nossa categoria.

A luta das Entidades

Apesar de o aumento anunciado estar bem abaixo do esperado pela PM, as Entidades Representativas o consideram expressiva conquista política, tendo em vista as limitações que a Lei de Responsabilidade Fiscal impõe à concessão de reajustes salariais em ano de eleição. Caso a pressão das Entidades não tivesse sido grande, o reajuste, em 2014, seria zero.

Além disso, a CERPM – Coordenadoria das Entidades Representativas dos Policiais Militares do Estado de São Paulo – foi reconhecida como porta-voz legítima nas discussões salariais da categoria, devendo ser chamada todos os anos para participar dessas negociações.

Fonte: AFAM

Anúncios
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s